quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Caderno Sensorial

Olá,  Amigos e Amigas que acompanham minhas postagens. Apesar do meu afastamento,  continuo trabalhando duro no Atendimento Especializado e na Sala Regular.
Hoje quero partilhar com vocês,  um trabalho que estou realizando com uma Criança muito querida e que vem aprimorando suas Habilidades Cognitivas a cada dia.
Essa criança apresenta um quadro conhecido como síndrome de Werding-Hoffmann, com característica degenerativa.
Contudo suas potencialidades cognitivas são totalmente preservadas, e diga- se de passagem é de longe um dos Alunos mais aplicados que convivi até hoje.
Abaixo deixo as fotos do material sensorial que construí para sua alfabetização. Como não apresenta movimentos nos membros superiores,  decidi criar um material que pudesse estimular suas funções executivas superiores para a construção dos conceitos de escrita e leitura, bem como de fonemas e grafemas.
Seu desempenho tem sido muito bom, e vem dando sinais de letramento nas atividades desenvolvidas.
Espero que possam utilizar essas informações  com outras crianças que apresentem quadros  semelhantes, sempre acreditando nas potencialidades de cada um,  independente de suas dificuldades.
Grata!
Professora Elaine Cristina Alves de Carvalho Leal.

7 comentários:

  1. Oi Elaine... também fiz a pós no Mackenzie.. turma de 2003.. e vc? Parabéns pelo trabalho. Ano que vem surgirá a possibilidade de assumir a saau. Estou preocupada com minha atuação. Será que dou conta? Vc me ajudaria? Desde já muito obrigada... cissabouca@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida! Obrigada pela visita ao Blog. Em relação ao curso do Mackenzie acredito que tenha sido no ano de 2012. Sou meio confusa com o tempo. Coisas da idade. Muitos acontecimentos! Quanto a sua atuação, tenho cetteza que dará conta. A primeira condição você já tem que é a vontade. O restante virá aos poucos. Nossa prática é uma construção diária. Quando precisar, pode contar comigo. Beijos e sucesso!

      Excluir
  2. Amei seu trabalho, suas experiencias aqui compartilhadas.

    ResponderExcluir
  3. adorei,elaine o nome do remedio do otavio e tofrani(cloridrato de imipramina

    ResponderExcluir
  4. Elaine gostaria que me ajudasse responder essas duas questoes:
    1- A qualidade da pratica pedagógica adotada durante o atendimento especializado é imprescindível. esse atendimento deve articular o ensino, com a necessidade apresentada pela criança. assim, ao interagir com a criança com necessidades educacionais especiais, o estagiário tem possibilidades de desenvolver praticas pedagógicas que poderão facilitar o seu aprendizado. diante dessa experiência vivida no seu estagio, como devera ser a gestão da sala de aula na escola das diferenças?

    2- O atendimento educacional especializado, que normalmente é realizado na sala de aula de recursos multifuncional, deve ser um local preparado para desenvolver estratégias educativas que contribuam na superação das dificuldades de aprendizagem dos alunos. Este atendimento educacional por si só não garante a aprendizagem, para isso, são necessárias mudanças significativas na escola tanto nas práticas pedagógicas quanto nos demais serviços educacionais. Diante disso, escreva de que forma a sua experiência durante o estagio, tendo um contato direto, com crianças com necessidades educacionais especiais, que antes era apenas teórico, contribuiu para sua pratica como professor.

    ResponderExcluir
  5. Favor enviar as respostas das questoes no meu email
    hildeteity@gmail.com

    ResponderExcluir